Saiba o que é Grupo Homogêneo de Exposição(GHE)

grupo-homogêneo-de-risco-GHE

Os riscos ocupacionais podem variar de função para função, mas algumas atividades apresentam riscos semelhantes. As pessoas que realizam atividades com graus de risco semelhantes constituem um Grupo Homogêneo de Exposição (GHE).

As normas regulamentadoras determinam que empresas de todo tipo devem elaborar programas com o objetivo de garantir a saúde e segurança dos colaboradores no ambiente de trabalho. 

Um desses programas é o PGR – Programa de Gerenciamento de Riscos. Como o nome indica, o PGR deve identificar riscos ocupacionais e propor medidas para prevenir que as pessoas sejam afetadas.

Explicaremos mais sobre o assunto neste texto.

O que é GHE?

O Grupo Homogêneo de Exposição (GHE) também referido como Grupo de Exposição Similar (GES) ou Grupo Homogêneo de Risco (GHR), é uma terminologia usada para identificar um conjunto de profissionais que desempenham atividades com riscos ocupacionais equiparáveis. 

O texto da NR-22 diz que:

“Grupo Homogêneo de Exposição corresponde a um grupo de trabalhadores, que experimentam exposição semelhante, de forma que o resultado fornecido pela avaliação da exposição de qualquer trabalhador do grupo seja representativo da exposição do restante dos trabalhadores do mesmo grupo.”

Essa classificação pode ser usada em diferentes tipos de operações, como em atividades insalubres (NR-15) e perigosas (NR-16), atividades de mineração (NR-22) ou em casos de exposição a agentes físicos, químicos e biológicos (NR-9).

O GHE, portanto, pode ser composto por pessoas de diferentes níveis, áreas e cargos, desde que esses colaboradores estejam expostos às mesmas condições ambientais e riscos de trabalho. 

Uma boa maneira de ilustrar o GHE é imaginar os colaboradores de um coworking que dividem a mesma mesa, por exemplo. Nesse caso, o GHE pode ser formado por estagiários, analistas ou líderes que possuem, todos, um mesmo quadro de segurança em relação ao escritório onde trabalham.

Por que o GHE é importante?

A resposta simples é que o GHE ajuda no cumprimento das normas regulamentadoras, principalmente no gerenciamento de riscos ocupacionais (GRO)

A NR-1 determina uma série de diretrizes para o gerenciamento de riscos ocupacionais, entre elas, a elaboração do PGR – já explicamos detalhadamente como isso funciona neste outro texto. 

A critério da organização, o PGR pode ser implementado por unidade operacional, setor ou atividade, desde que estes cumpram as exigências previstas nas NRs e em dispositivos legais de segurança e saúde no trabalho. Dessa forma, a empresa pode constituir um programa de gerenciamento de riscos para um GHE.

Todo PGR deve identificar os perigos, possíveis lesões ou agravos à saúde, avaliar o nível dos riscos ocupacionais, implementar medidas de prevenção e acompanhar o controle dos riscos ocupacionais.

Outros pontos importantes para se ter em mente é que a empresa precisa consultar os trabalhadores quanto à percepção de riscos ocupacionais, ou seja, os colaboradores podem contribuir para a identificação dos riscos que estão presentes no ambiente onde trabalham.

O mapeamento também pode contar com a colaboração da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes e de Assédio – CIPA. Por fim, o grupo homogêneo de exposição deve ter entendimento claro sobre os riscos consolidados no inventário de riscos e as medidas de prevenção do plano de ação.

Como se cria um GHE?

Para constituir um GHE, é fundamental que a empresa analise as pessoas que farão parte do grupo em situações normais de trabalho para reconhecer se elas estão, de fato, expostas aos mesmos tipos de riscos ocupacionais.  

A organização deve selecionar as ferramentas e técnicas de avaliação de riscos que sejam adequadas ao risco ou circunstância em avaliação. Isso pode variar de acordo com a atividade principal da empresa, por exemplo: a avaliação de riscos para funcionários de uma mineradora certamente não será a mesma que a utilizada em uma agência de publicidade. 

Por esse motivo, além da observação especializada na identificação de riscos, é importante que a empresa consulte os colaboradores sobre a percepção que têm sobre as ameaças e possíveis representantes de perigo com os quais lidam no dia a dia. 

Como registrar um GHE? 

Não é necessário um registro formal do GHE em uma instância do governo. O que acontece é a definição de grupos homogêneos de exposição na criação de  programas como o PGR, mencionado anteriormente. 

Além disso, a  periodicidade de alguns exames ocupacionais também pode ser influenciada de acordo com as características do GHE. Esses exames são obrigatórios pelo Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional, o PCMSO

O GHE são considerados em documentos importantes de saúde e segurança do trabalho, principalmente no envio dos eventos de SST do eSocial, que é obrigatório para todas as empresas desde janeiro de 2023.

Minha empresa pode ter um GHE?

Depende. O critério básico para a constituição de um GHE é a exposição de colaboradores aos mesmos riscos ocupacionais.

Pode ser que parte do quadro de funcionários da sua empresa seja caracterizada como GHE. Em alguns casos, todos os funcionários podem formar um só grupo. Tudo depende das atividades exercidas, do espaço físico de trabalho e de outros fatores condicionantes.

Para garantir que um GHE seja constituído de maneira correta, é fundamental contar com profissionais de SST, como o engenheiro de segurança e o médico do trabalho, na avaliação dos riscos à segurança e à saúde ocupacional.

A Salú pode ser sua parceira nisso!

Com especialistas em SST prontos para atender empresas de diferentes segmentos, a Salú pode te ajudar a cuidar de todos os processos e obrigações legais de saúde e segurança do trabalho, inclusive na elaboração dos programas que consideram um GHE.

Mas a parceria vai além da elaboração dos programas. Com o time de concierge, a Salú garante um acompanhamento contínuo para ajudar com novas questões que surjam ao longo do tempo. 

Quer saber mais sobre GHE ou outros assuntos em que a Salú pode ajudar?

Marque um bate-papo com a gente!

banner-salu-saude-ocupacional

Mais Lidos

sipat-salú

SIPAT: como fazer um evento legal

A SIPAT está prevista nas normas regulamentadoras. A NR-5 é a instrução do governo que estabelece diretrizes para a formação da CIPA nas empresas. Essa